quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Brega e Chique


Quando eu cobria celebridades, eu lia todos os dias os blogs de todos os artistas possíveis e imagináveis. Não só lia todos, como lia todos eles INTEIROS. Em alguns casos, como o da Cleo Pires e da Carolina Dieckmann eu ainda tinha que ler os comentários para entender o conteúdo dos posts. Hoje, cobrindo política, eu fico atenta ao filme do Lula e ao Salve Geral dividindo bilheterias e urnas em todo o país, ao estado de saúde do Alencar (F5 no site do Sírio sempre!) e o cabelo da Dilma (isso é brincadeira, não cubro este tipo de assunto não).

Por isso, é um pouco compreensível, porém, inadimissível que eu seja informada em festas e mesas de bar sobre assuntos que realmente as pessoas se importam, debatem com euforia e até opinam em foruns, no caso, o fenômeno Stefhany (com fh e Y!). Para quem não sabe, assim como eu não sabia, é uma menina dos cafundós do Piauí que fez sucesso no YouTube (só pode) com uma música cujo título é Eu Sou Stefhany (quem ela pensou fosse? A Claudia Ohana?). Ela dubla, ops, canta uma música que mistura pop com forró, dança e ainda dirige um Cross Fox sem carteira de motorista (Alô pessoal do Detran, cadê vocês?). A peripécia rendeu a ela shows por todo o Brasil (leia-se Osasco) e um carro na cor amarela, um oferecimento da Volks, (sinceramente, quem agora vai querer andar de Cross Fox? Se eu fosse o diretor do departamento de marketing eu processava o vídeo desta menina).

Mas, do alto dos seus 18 aninhos recém-completados, Stefhany tem muito a nos ensinar. As lições não são sobre novos fenômenos midiáticos ou como não se vestir bem. O show dela não é de música, é de auto-estima: mesmo usando um aparelho nos dentes e uma feição para lá de desfavorável, ela se acha... absoluta! E afirma: Eu sou Stefhany (temos que tomar cuidado para este não virar o novo Eu sou She-Ra!). Stefhany, para ela, não é apenas a sua graça (ou seria des?) e sim sinônimo de beleza, alegria, enfim, tudo de bom.

A Stefhany sai gritando a alcunha dela aos quatro cantos como se fosse a melhor coisa do mundo. A gente olha a cena no computador e ri, mas pense na seguinte situação: dá para imaginar eu, Ivy Farias, me apresentando na coletiva de imprensa no Miguel Jorge jogando o cabelo de um lado pro outro em voz altiva "Eu sou Ivy Farias, repórter da Agência Brasil" como se fosse a Tina Tuner?

A Stefhany faz isso! Ela realmente se acha absoluta! E não deixa ninguém dizer o contrário. Fiquei pensando: nossa, mas ela é muito feia! Mas tem auto-estima. Eu tenho um monte de amigas bonitas, bem sucedidas, elegantes e... que se acham um lixo. Fiquei me perguntando: vale mais ser uma feia com auto-estima ou uma bonita sem?

Fiz esta pergunta para Toninha, minha amiga e futura palestrante do curso que pretendo organizar chamado Como ser uma mulher de sucesso, que respondeu o seguinte:

Antonia diz:
Tudo com auto estima...
Antonia diz:
ela tendo auto estima ela consegui ir mais longe
Antonia diz:
exemplo
Antonia diz:
Cafona: se alguém der um toque para ela, talvez ela reveja os conceitos dela, e siga uma outra linha de pensamento e consiga alcançar os objetivos dela, que parece que é querer ser elegante!!!
Antonia diz:
já a elegante
Antonia diz:
sem auto estima não adianta ser elegante, de que vai adiantar ter todo o glamour se não consegue se amar, se achar a poderosa
Antonia diz:
convenhamos, é de dar inveja...kkkk
Antonia diz:
a inveja é só da auto estima, é bom dizer
Antonia diz:
imagina essa pessoa fazendo um show em um restaurante no Itaim...hehe

Então meninas, fica aqui o recado: comprar roupa, o banco paga (depois a gente paga ele, com juros, claro). Estilo, a gente lê, estuda e aprende, vide a Grazi Massafera, que agora tem o título de musa fashion (cada uma também que eu vou te contar). Mas auto-estima... esta a gente não compra, não estuda, a gente simplesmente tem que ter. E se até a Stefhany tem, por que nós não haveríamos de ter? From now, repeat after me: Eu sou linda, absoluta, eu sou...(escreva ai seu nome).



Crédito da foto: Julia Chequer/R7

Um comentário:

Lilian disse...

Mas Ivy, ela é Stefhany, ela é....demais !!!! hahhahahaha