quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Alô?



Cena 1. Redação. Int. Dia.

IVY pega o telefone para checar com Adriano, assessor do vice-presidente da República, José Alencar, sobre os exames do próprio.

IVY: Oi Adriano, aqui é a Ivy da Agência Brasil. Tudo bom? O vice está fazendo os exames?

ADRIANO: Oi, o vice está fazendo quimio hoje, os exames ficaram para novembro.

IVY: Por que os exames ficaram para novembro?

ADRIANO: O médico pediu, ah, peraí, só um minuto.

IVY ouve barulhos do outro lado da linha, como se o telefone estivesse passando de mão. Outra pessoa atende.

VOZ MISTERIOSA: Quem fala?

IVY: É a Ivy, quem é?

VOZ MISTERIOSA: Oi Ivy, aqui é o José Alencar, tudo bom? Eu peguei o telefone do Adriano porque ele não sabia que fui eu que pedi pro médico para fazer os exames depois e...

IVY (Interrompendo): Pára tudo, pára tudo, pára tudo. O José Alencar que está falando é o nosso vice?

JOSÉ ALENCAR: É.

IVY: O José Alencar o nosso vice? O vice presidente da República?

JOSÉ ALENCAR: É, quem mais haveria de ser menina?

IVY: Vice, eu AMO o senhor! O senhor é o máximo! Eu sempre oro pela sua saúde. Aliás, todo mundo ora pela sua saúde, eu falo para todo mundo orar pela sua cura. O senhor é o máximo, eu amo o senhor, eu torço pro senhor, eu sempre fico feliz quando o senhor sai do Sírio sorrindo.

JOSÉ ALENCAR (surpreso): Nossa, quem tá falando mesmo?

IVY: É a Ivy, eu sou repórter da Agência Brasil, mas isso não importa, o que importa é que eu amo o senhor e eu sempre oro pela sua saúde.

JOSÉ ALENCAR: Então Ivis, eu que pedi pro médico para fazer os exames em novembro para ver os resultados depois de mais uma rodada de quimioterapia.

IVY: Mas vice, não se preocupe com isso, o senhor vai vencer o câncer, eu sei que vai. O senhor vai viver mais que o Niemeyer, eu sei que vai, o senhor é o máximo.

JOSÉ ALENCAR: Nossa Isis, muito obrigado.

IVY: Vice, só tem um detalhe: meu nome é IVY, I de igreja, V de vitória e Y de Y.

JOSÉ ALENCAR: Sabe o que é Ivy, é que eu, quando era moço, há muitos e muitos anos atrás namorei uma moça chamada Isa.

IVY: Que pena, eu sou Ivy e eu sou nova, mas eu amo o senhor mesmo assim.

JOSÉ ALENCAR: Obrigado Ivy, um beijo grande procê.

IVY: Outro pro senhor, vice!

IVY desliga o telefone e começa a pular no meio da redação.

3 comentários:

Lalá disse...

Por favor me diga que essa cena foi imagnação.
Se bem que.. eu já pensei escrever uma carta pro José Alencar, falando como ele faz qualquer pneumonia parecer um resfriado...

Ivy Farias disse...

Foi 100% verdade, aliás, hoje, dia 17 é aniversário do vice. Eba!

Cueca disse...

jajaja Incrível! =]