segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Shopping

Cena 1. Ext. Dia. IVY e AMIGO QUASE HETERO (explicação: ele ama futebol, joga sinuca, não entende as mulheres, adora videogame, conserta coisas mas mesmo assim gosta de homem) estão andando na rua quando IVY vê, numa loja de lingerie, um conjunto LIN-DO.

IVY: Nossa, que graça, posso dar uma olhadinha?

AMIGO QUASE HETERO: Claro, agora que eu descobri que alguns heteros gostam de lingerie, vale a pena comprar.

IVY (sem entender): Como assim, alguns heteros?

AMIGO QUASE HETERO: Ivy, homem hetero não liga para lingerie. Ele gosta do que está dentro da lingerie. Ele não está nem aí para calcinha que você está usando.

IVY (indignada): Como? Como assim, hetero não gosta de lingerie?

AMIGO QUASE HETERO: Ivy, quando você era criança e ganhava um presente o que você fazia?

IVY (sem entender o racioncínio): Desembrulhava com cuidado pra guardar o papel.

AMIGO QUASE HETERO: Isso porque você é mulher, querida. Desde a tenra idade, os meninos rasgam o papel porque eles estão interessados no que está dentro. No seu caso, os homens estão interessados como é dentro.

IVY: Quer dizer que as lingeires são inúteis?

AMIGO QUASE HETERO: Não, não são inúteis. Tenho uns amigos que gostam.

IVY: Quantos amigos?

AMIGO QUASE HETERO: Uns dois.

IVY: Você tem uma legião de amigos e só dois se preocupam com a lingerie da mulher?

AMIGO QUASE HETERO: É. Fetiche.

IVY (completamente transtornada): Você tem dois amigos que gostam de lingerie porque é fetiche enquanto o resto não está nem aí? Meu Deus, por que ninguém me avisou isso antes? Eu teria gastado menos.

AMIGO QUASE HETERO: Agora que eu te contei isso você vai desistir de olhar o conjunto?

IVY (sem graça): É...bem... não né? Já to aqui mesmo, é só uma olhadinha...

AMIGO QUASE HETERO: E você vai comprar?

IVY (mais sem graça ainda): Pois é, é que é tão bonitinho o conjuntinho... e como dizem, a gente tem que usar as coisas pra gente, não para os outros né?

AMIGO QUASE HETERO: Eu não consigo entender as mulheres. Incrível como elas não desistem de comprar. Me faça um favor: fica até o ano que vem sem comprar? Vai, faça esforço, só faltam 20 dias.

IVY: Pode contar a partir de amanhã? É porque eu realmente gostei do conjuntinho...

2 comentários:

Sr. Farina disse...

Se amigo quase hetero tem quase razão. Temos que lembrar que o "papel de presente" tem q ser bonito também, pq calçola broxa qualquer um. Outra, dentro do embrulho tem que estar bem cuidado, afinal ninguem embrulha bacalhau em seda!

Bibi disse...

Essa informação me assusta! 1) Eu sempre rasguei o papel louca para ver o que tinha dentro desde pequena e até hoje! E isso se chama ansiedade e não tendência lesbianchic! 2)Eu NUNCA liguei para lingerie, acho um saco comprar aquelas cheias de frufru... Gosto da boa e velha calcinha de algodão ou qq coisa que me deixe confortável! 3) Eu sempre sofri, porque nas minhas enquetes só um ou dois homens realmente não ligavam para lingerie... O que acontece? Será estatal?