quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

"Não estamos bem, mas vamos ficar"

Nos prometem que os anos da faculdade serão os melhores anos da sua vida. Quantas pessoas podem ir para a faculdade junto com seu melhor amigo? Aquele irmão, que nasceu e cresceu contigo?! Eu pude. E não foram os melhores, mesmo assim. Hoje não importa mais. Os anos passaram, nós passamos and the works is done. Mas esta ideia do tempo passar te tira da vida de filha e te coloca na vida adulta. Sua irmã tem filho. E seu irmão também. E a gente vai vivendo. E morrendo. Esta foi a pior parte da história, da nossa história: morremos. Morremos cedo e deixamos saudades. Tomamos outros caminhos e ficamos cantando loucuras, tipo "garota eu vou para California" mesmo que seu destino seja Boston. Claro, não estamos bem. Mas, um dia, vamos ficar. Nada a ver com dinheiro, nosso amor e o tempo livre em que vivemos- e escrevemos- uns para os outros. No fim das desculpas, o silêncio. E o fim da nossa era. Au revoir, mes amis. Je besoin de vous.

Um comentário:

Vizionario disse...

Malditas promessas!